A Morte Não Existe

Mensagens, depoimentos e informações sobre a história da Joyce

Arquivo para novembro, 2012

Deus os abençoe. Aguardem 2013 passar sem previsão.

Recebemos a canalização abaixo do nosso amigo Sergio Almaida Ajabiim.

“Olá Crianças da Luz,
O tempo pulsar no pulso das progressões sistêmicas se desdobra através dos raios/íons acoplados aos raios luminais. Eles possuem vórtice de força que se propaga desde os íons atomizados do núcleo da Via Láctea com variação de trajetória entre as divisas do relógio ecológico a cada centro dos Hélios Eloínicos. Assim o fazem através dos Seres Censores dos Odús do Eterno de Deus, administrado também com os Seres dos Concílios dos Eloins na configuração do Sistema do Universo da Onisciência. Tal sistema se interliga ao Sistema do Universo da Onipresença da infinitude de Deus Pai-Mãe em transição de regência codistributiva com os Seres Censores dos Odús dos Eloins de freqüência Ultra Supra Super Sublime Divina. É uma distribuição que acontece naquilo que pertence às divisas do Relógio Celeste do Sistema da Fonte Que Tudo É. Dá-se na expansionalidade dos Superuniversos sustentadores das inúmeras galáxias de progressão do Sistema do Relógio Cósmico Galaxial Planetário.
Isso perfaz a distributividade para os Seres Censores dos Odús do Conselho Cármico com a junta dos Seres Censores dos Odús dos Anciões dos Dias e Portões dos Dias. Desta forma, possui divisibilidade de atribuições, delegações e decisões por meio dos Seres Arcanjos da Bainha da Espada dos Quadrantes do Centro de Fogus dos Orbes do Centro Administrativo dos Conselhos do Sistema dos Arcanjos da Espada da Justiça de Deus. Aplicam-nas sobre as configurações de destinação pertencentes a tudo e a todas as coisas movimentadas e sustentadas pelo sistema da Via Láctea. Existem, porém, particularidades diferenciadas para todos os sistemas de satélites e planetas vezes as dobras das galáxias anexas intermediárias, primárias e secundárias. Ocorre na soma das grandes transições e progressões do ponto comum regenciado de cada sistema solar pelos Eloins Regentes.
O Sopro da Vida progressivamente se propaga desde o lado oculto dos átomos, células, prótons e nêutrons. Coincide com ínfimas mudanças sensíveis na destinação do curso de um astro, um vegetal e de uma forma aquosa ou etérea. Este sopro expressa-se na própria trajetória das coisas do Eterno de Deus para aquilo que diferencia as forças diferentes na diferenciação de tudo que respira: o Espírito de Deus no poder de Sua Vontade. Em um momento próximo, profetas, sensitivos, xamânicos, curandeiros, padres, missionários e políticos não terão informações que coincida a argumentação da curiosidade, superstição e ceticismo entre si. Não haverá justificativa para entenderem o que transcorrerá cotidianamente na razão racional… A expectativa do que virá da temporalidade sem a linha do tempo para a progressão de 2013.
Significa que algumas cartas astrológicas não apresentarão os planos da progressão supostamente planejada pelo Espírito regente do astro. Isso não acontecerá no pensamento de que todos os que vivem a forma do livre arbítrio descobrirão como evitar algum de tipo de tragédia meteorológica, particular ou coletiva pelo reduto do pensar pesado ou leve de cada inteligência. Entre as parafernálias somadas a cada evidência do desrespeito humano com o planeta, deverão encontrar o que não se abriga: aquilo que os obriga despertar o conhecimento de cada signo e processa o destino de cada um. Tal feito diferencia o passo do Apocalipse Pessoal e do Apocalipse Coletivo, que não pertencem a transferências alimentadas como castigo de Deus.
Dentre inúmeras considerações surgirão várias questões que nem todos os sensitivos terão equilíbrio (e muito menos ouvido físico) para saber ouvir. Do mesmo modo não verão, na linha do tempo, os próximos hologramas de destinos. Também não coincidirá para catalogarem o que pertence à nova regenciação do sistema da carta estelar pessoal por mera curiosidade. Tampouco ocorrerá para investigarem, no terreno das possibilidades, a proximidade ou distância em ano-luz intentando conquistar o destino de diferenciação entre políticos, religiosos, sensitivos e a sociedade. Em seu aprendizado, não identificarão que tipo de Mestre ou Luz envolve todos. Não ocorrerá ainda que imaginem qual tipo de raio/luz de energia pode nutrir o campo da auto-captação do Dom verdadeiro. Assim será para quem busca rotineiramente a inspiração de clareza sobre o que é soberano em cada Persona Luminal dos Seres Sagrados.
Nas próximas eras, possivelmente haverá vexames a quem não desprogramar os medos alimentadores da coletividade humana. Surgirão substitutos políticos que não aprenderam, na oportunidade das próprias atribuições em meio às conversões, a não minimizar o impacto do flagelo e pobreza sem conclusões. Assim farão nas transições financeiras, cientificas e da indústria de doenças que se destinará a inúmeros vírus experimentais acoplados para novas mutações.
As mudanças educacionais não mudarão a posição de alimentação do analfabetismo coletivo complementando as diferenças entre raças e condutas de inteligência. Haverá sem o inverso como opositor da própria sabedoria da inteligência humana.
Algumas influências de insatisfação em meio às vilas, cidades e países aumentarão o grau de suicidas. Eles estarão imobilizados por quaisquer questões principais que respondam o momento das sociedades na síntese daquilo que devem viver melhor. Significa que cada grau de criminalidade será compatível com a alimentação da violência. O vigor da imaginação de coisas salutares será resposta sem solução entre os medos. Assim acontecerá principalmente a quem espera milagres políticos e religiosos. Isso desativará as supostas ações resolutas sem respostas cabíveis do conforto residencial e vivencial sob pressão mental diferencial no cotidiano de cada um.
Os conflitos financeiros se igualarão à corrida do ouro primitiva. Na mesma passarela desfilarão as novas tecnologias de trato medicinal e desenvolvimento biológico. Isso manterá a aceitação dos privilegiados, que responsabilizarão os oprimidos sistêmicos do sistema de seletividade por nível de organização.
Apresentaram outras inúmeras respostas sob transição de sacrifício do planeta Terra. A ideologia se diferenciará pela pedagogia filosófica social da escassez. Assim ocorrerá principalmente a quem não tiver acesso a melhor alimentação. Possuir saúde se tornará um mistério e as pautas serão projetos que colaborarão para outros papeis profissionais. Um retorno à idade média pela nova pré-história. Também haverá menos realizações do trato espiritual por restrições projetadas para o ano 2014.
Os preguiçosos financeiros terão estabilidade com menor esforço por meio dos desconfiáveis opositores. Do mesmo modo, serão alavancadas tecnologias bélicas de alta potência controladas via satélite. Para cada experiência de vivenciamento (mesmo aquelas não consideradas negativas) surgirão supostos substitutos de grupos alternativos. Eles acelerarão a mudança social étnica que identificará os gêneros das raças para o que for melhor nas novas formas de trabalho e operacionalização padrão do comércio exterior. Será a plataforma do turismo espacial com alguns sucessos para substituir o divertimento de alguns.
Surgirão investigações por unidade quadrimestral a respeito da fonte de regenciamento mais recente entre as hierarquias cósmicas celestes. Na progressão do tempo, haverá novos nomes de Serafins, Querubins, Anjos, Santos, Eloins e Comandantes Estelares com a grife de Espírito Luminal. Por quadrante regente de dimensão de origem estarão interligadas à humanidade pela própria codificação do DNA que será despertada para esclarecer sobre as raças antecessoras dos pré-adamicos. Em um futuro bem próximo, no palco da configuração do Jardim do Éden, comunicarão quais raças são originais entre as diferentes crianças futurísticas. Nessa transição, destacarão os preparativos de tais crianças a respeito da qualidade da nova energia neural e grau de inteligência para o despertar de quem aprendeu esperar a transição de 2013 e 2014.
Quem adquirir o modo de vivenciar a sutil força do verdadeiro caminho gozará da plenitude da saúde e prosperidade nos afazeres do dia a dia. É possuir expansão em equilíbrio com a autossustentabilidade mesmo diante de quem quiser desfazê-la nas vivências sociais. Alguns buscarão quebrar contratos emocionais e sentirão memórias saudosas do Ego equilibrado. Isso ocorrerá principalmente àqueles que professarão as novas idéias de boas novas.
As orientações terão particularidades pelos raios regentes dos dias. Isso incidirá no antigo comportamento do inferno astral e as novas influências passarão a ser trimestrais. Que alguns possuam equilíbrio sobre as intuições exatas a fim de elevar o bom viver para a progressão das próximas Eras.
Portanto, o eixo galáctico influenciará tudo e todos por regenciamento dos novos Seres Censores dos Odús que farão o pulsar a partir deste tempo.
Deus os abençoem. Aguardem 2013 passar sem previsão.”

Escrito por Comandante Estelar Eloim Tronal Maresia do Orbe dos Arcanjos.
Quinta feira, 15 de Novembro de 2012 12:49
http://www.uthoi.com.br

Fiquem na Luz!

Anúncios

Temos que nos libertar da possessão…

Em 28 de outubro de 2003 Joyce mandou a mensagem que coloco a seguir, mas que é bastante atual.
Aliás, estar sempre adequado ao memento é uma característica de suas mensagens!

“Temos que nos libertar da possessão. Nosso objetivo na Terra é de
possuir e dominar. Queremos ter cada vez mais bens, dinheiro, etc. Até
mesmo as pessoas, queremos tê-las para nós, à nossa disposição.

Tudo o que temos e conquistamos é temporário, é emprestado. Nada
disso se leva quando partimos. Se nos foi confiado, foi para termos
condições de sobreviver para aprender. Os bens materiais são nossa
sobrevivência para que nosso espírito e nosso coração possam se manifestar,
através da experiência, do aprendizado e da sabedoria, com o auxílio dos
seres que estão ao nosso alcance.

Temos que mudar o enfoque sobre as coisas. Não estamos aí somente
para constituirmos uma família, trabalhar e aguardar a velhice. Seria
muito pouco!…”

Fiquem na luz!

Na cronologia temporal de 2013, descubra a herança divina na particularidade íntima de sua Alma

Acabamos de receber esta mensagem do amigo Sergio Ajabiim:

Na cronologia temporal de 2013, descubra a herança divina na particularidade íntima de sua Alma

Olá Crianças da Luz,
Neste instante do agora de hoje, que refletirá no amanhã, transladam novos impulsos de raios desdobradores mantenedores enviados pelos Seres Arcanjos da Bainha da Espada dos Quadrantes do Centro de Fogus dos Orbes do Centro Administrativo dos Conselhos do Sistema dos Arcanjos da Espada da Justiça de Deus. Tais impulsos pertencem à transmultidimensionalização da forma cronológica temporal de 2013 para cada pulsar luminal. Com codificação de micro íons, fazem parte dos sinais contidos na forma atomizada da Molécula da Criação Primordial primitiva do Verbo de Deus por todas as coisas sustentadas através do Fogo do Sopro Vital da Vida. Também se envereda pela lei da atração aos filetes da Chama do EU SOU EU SOU. Na particularidade do cálice dual dos Átomos Luz da Chama Trina Crística e Átomos Luz da Chama Trina de Virgem Maria, ocorrerão gradativamente novas formas que darão acesso ao interior do Templo Interno. Isto será movimento da ação involuntária desconhecida de cada um por motivos diferenciados. Relaciona-se aos Seres Censores dos Odús Eloínicos de sustentação migracional encarnacional naquilo que pertence ao caminho do autoconhecimento do próprio Espírito Matriz.
Esse evento faz parte das novas mudanças cíclicas temporais do que há de vir. Todos terão grau de compreensão do que sentir no sentido de estar vivo independente do que possam perceber como disfunção emocional com a compactação físico-orgânica. Nem todas as interiorizações serão quadros de manifestação multidimensional para quem elevar a descoberta da Inteligência Espiritual no estágio da quadridimensionalidade. Está além de intuir como identificador por dobras de arquivos particulares Ser Viajante do Eterno e Ser Peregrino do Eterno. Com lógica espiritual em cada despertar, evento e particularidade, em meio ao que é complexo na linha do tempo, evidenciarão a nova dinâmica da inteligência quando perceberem com plenitude os parâmetros da Memória Quântica na variante tradicional do que é verdadeiro para o conhecimento de cada humano.
A cada quadrimestre acontecerá o movimento do silêncio da estagnação do giro cíclico do Sol Central regente. Para os futuros eventos, sob a equação pulsar dos raios luminais, isso provocará o surgimento de novos tipos de vulcões; vegetações; a seletividade de algumas espécies aquáticas e terrestres; a migração de placas tectônicas; mudanças térmicas aquáticas migratórias como contribuição para a restauração marítima e a reconstituição de antigas áreas desérticas – sincronicamente surgirão novos tipos de desertos. Isso influenciará a trajetória da velocidade dos ventos que serão sentidos pela nova mudança do eixo galaxial na abertura do avistamento de outros sistemas de galáxias, planetas e satélites com tipos de raças diferentes. Tal identificador responderá o que se julgava segredo. Como se houvesse algum tipo de chave superior para abrir as portas do coração e fazê-los contatar, falar, ouvir, aceitar, não aceitar, resistir e insistir na simplicidade de como alcançar o que supera a visão além da realidade do desejo anterior.
Na variação antecessora da quadrimestralidade do efeito da contagem cronológica das festividades natalinas, o que puderem louvar ao observar cada estadia do estado interior com a certeza do autoconhecer do Eu não Sou do Eu não Sou sem trair cada realidade por evento baseado em todos os fatos reais não fará parte de novas profecias. Tampouco consolidará os ficheiros de Cartas Estelares entre as diferenças dos oráculos astrológicos. Nada se igualará nas previsões. Supostamente haverá outros tipos de hologramas reflexivos para o futuro, que no passado de hoje, o ontem, não terão saudades.
Alguns Mestres/Mentores cujos nomes atualmente se tornaram desconhecidos falaram da bem aventurança a quem tinha ansiedade de abrir o coração. Consolaram quem imaginava que abençoar seria perdoar o que não sabem. Imaginavam perdoar para alquimizar as portas do coração, mas o segredo do chaveamento não pertence ao coração emocional holográfico físico e muito menos imaginativo. Quando em momentos fervorosos, queiram identificar como especial SER FILHO na tutela terrena. Identifiquem a autoconcepção diferenciadora entre Alma Persona e Alma Encarnacional no propósito do programa do Verbo de Deus: a raiz matriz do Espírito Matriz. Mas antes de fazê-lo, rastreiem-na por onde nunca perderam; o real Dom sensitivo que não tem referência no intelecto.
Não julguem em si mesmos as causas e caos do imaginativo Guerreiro da Luz na modalidade de arcanjo que ninguém foi. Não o façam no caminho dos encarnacionamentos por trilhas que não despertarão lembranças de luzes irradiantes para o próprio louvor auto-identificador entre as crianças Cristal, Perolada, Índigo, Jardineira ou Abikú. Um resgate de lembranças como semideuses do futuro profético dos messias passados.
Os argumentos que não apresentarem o resultado da ignorância passada não serão detalhados para as novas gerações no equilíbrio do mundo celeste. As novas personalidades não editarão os roteiros a quem acreditava que o universo conspiraria para a individualidade desejada. Não significa que será riqueza para as novas crianças que não ficarão espalhadas ou soltas nos portais dos bueiros do submundo metropolitano. Assim ocorrerá principalmente para quem aprender, na forma educativa, que este futuro do passado presente contém a limpeza dos erros presentes do mesmo futuro formal quântico.
Na régua métrica pedagógica curativa quântica, outras pautas identificarão inúmeros cidadãos disciplinados sistêmicos no compromisso contínuo dinâmico com a nova modalidade de subserviência. Identificarão na sentinela da obediência da suposta vida prática como sub-elemento lúdico quando disserem que derramaram suas Almas uns sobre os outros de todos vocês.
As visões não serão sonhos a quem, no passado, propagava castigo, punição e condenação entre aqueles que aguardavam encontrar o tabuleiro mencionando como seria o caminho, a verdade e a vida. Ou então qual pai seria o Pai de todos aqueles que ninguém de um alguém qualquer conhecerá. Houve quem dissesse que Ele estava por vir entre os adotivos que exortavam, em unicidade privilegiada, nas rugas irretocáveis, a similaridade com os outros antigos. Mas qual seria a Justiça de encontrar o reino modicado para quem acrescentou possuir o conhecimento da presença de Deus, o Verdadeiro Deus?
Mantêm-se inúmeras dúvidas de qual civilização oferecerá o que é bom a favor de quem não eliminou as lágrimas não enxugadas no conservadorismo de guerras, conflitos, pobreza e avareza. Multiplicam as dúvidas de qual pranto, lamento ou dor faz o passado estabelecer o não ascensionamento individual da partícula quântica para as coisas de Deus na unicidade que estabelece a vida. Essa vida não mais será fraseada nos murais quando ultrapassarem a chegada do fim que não chegou.
Chegou o tempo presente, que no tempo do futuro será outro tempo presente dos herdeiros, segundo o que os outros não prometeram.
Tudo que na Vida VIVE possui a mesma qualidade de Sopro que faz parte dos fatores distributivos da herança primitiva do instante em que Deus herdou de Si Ser Deus de Deus de todos os deuses.
Portanto, descubram a herança divina na particularidade íntima de sua Alma.
PS.: leiam e estudem os ensinamentos do método Eloim Reiki para facilitar sua compreensão.

Escrito por Égueybê Rá Yam Tôalá
Quinta-feira 01 de Novembro de 2012 01:11
http://www.uthoi.com.br

Fiquem na Luz!

Não Quero ninguém no cemitério!

Em 13 de agosto de 2001, dez dias após fazer sua passagem, Joyce enviou mensagem que finalizava com:

“…
Eu não quero ninguém no cemitério.
Eu não estou lá!
A morte não existe.
Eu estou viva
Eu estou bem
Eu estou feliz
Eu amo vocês.
Eu estou sempre com voces.
Beijos,
Joyce”

Agora, com a passagem do dia de ‘finados’ nos perguntamos se nossos pensamentos não deveriam ser direcionados para as lembranças boas do que passou e de regozijo com estas almas que fizeram parte de nossas vidas e hoje nos cuidam desde ‘o lado de la’.

Agora, em 30 de outubro de 2012 canalizei mensagem da Joyce que principiava por:

“Procurem através de muita leitura, cursos, e palestras o conhecimento para entenderem que o Universo é maior do que se imagina, que existe uma força maior que rege tudo, que planta suas flores e as colhe quando estiverem prontas.
Falar deste tema (morte) é desafiar uma cultura arraigada que nos foi passada de geração em geração, como uma receita de bolo de família. Ninguém ousou desafiar esta receita inovando seus ingredientes. Mas hoje, com a abertura de informações dos mais variados temas que “pipocam” em todos os cantos do planeta, manifestados através de seres de outras dimensões, podemos começar a fazer nossas próprias experiências alterando a receita do nosso bolo. Podemos ir adaptando a receita conforme fique melhor ao nosso paladar, ao nosso processo de amadurecimento, de expectativa e melhora de vida.”

Ofereço estes pensamentos para que cada um possa refletir, seguir seu coração e buscar cada vez mais o conhecimento da vida!

Fique na Luz!