A Morte Não Existe

Mensagens, depoimentos e informações sobre a história da Joyce

Namastê in natura

Namastê in natura
Escrito por Shiva Crisna Sualyom
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2013 03:17
Canalizado por Sergio Ajabiim

Olá Crianças da Luz,
Namastê!
Namaskar de sua reverência sobre o próprio Espírito Submatriz na sutil força radiante do Eu Sou Eu Sou para o Eu Não Sou Eu Não Sou. Que assim seja em sua mente e coração e dentro de cada um. Que todos sejamos nós mesmos até na negatividade não aceitável das inúmeras seitas, religiões e cultos à parte dos sinais. Que contenha a combinação básica de cada Alma Persona nos valores preciosos para todos e a refração dupla ao próximo.
Namastê sem o apreço de restrição na combinação simples das forças naturais encarnacionais para o ciclo de cumprir o que o universo não lhes responde por meio de rituais. Tampouco responde no momento de fortes emoções ao planeta, o berço Mãe Terra, não ser mais aparente sustentar o poder de quem busca o poder do fracasso do próximo.
Namastê aos sucedidos com espontâneos vivas naturais. Que seja Amor sem ser projecionismo de outros tipos de forças e barreiras que encobrem a abertura da qualidade da Inteligência. Aos conservadores da violência e dominadores de portas abertas à vizinhança que não permitem a sustentabilidade igualitária para todos sob os raios, ocultando as diferenças de classes.
Namastê pelos medos projetados ao gosto da representação projetada para a nova humanidade.
Namastê in natura aos aquecimentos da conseqüência do ato humano no déficit da negação do bem incomum como outra expressão natural.
Namastê pelas causas, caos e fatos de acontecimentos assustadores. Às vezes o poder do planeta não possui o giro de todos os acontecimentos para quem não sabe qual escolha intriga a honra do Espírito do próximo que reside no topo da humanidade. Pela integridade da sabedoria como escolha quando, no lugar do Eu, saúda o Deus do próximo para que nós sejamos um.
Namastê pelo lado divino que cumprimenta o divino do dividendo de quem não compartilha com vocês a divindade dentro do outro quando ele nem se sabe saudar o deus que está como Deus que habita toda parte.
Namastê para cada apocalipse pessoal que faz parte da mente coletiva de ontem. Da esperança silenciosa que faz o pessimismo do próximo ser tão natural no metafórico fim de outrem, tornando-se histerismo epidêmico. Da grande graça de saudarem a si mesmos na insegurança, insatisfação e depressão em busca de solução nos atos do Namastê de quem, hipoteticamente, hipnotizou a si mesmo como fuga.
Sustentem o próximo Namastê nos saravá da vida, nos axé dos outros, no o senhor libertará. Façam-no com paz profunda para o que o mestre racionalizador do próximo goste o máximo possível de ver coisas más e boas. Façam-no na nova modalidade mística esotérica do espiritismo quântico aos curadores estelares durante o resfriamento do uso racional na ordem do Namastê.
Recursos xamânicos cósmicos por níveis apométricos voltarão no Namastê de compaixão para elevar cada emanação por entre os não devotos restritos. Elevarão as crenças divinas para quem não conhece os poderes e atribuições dos movimentos nas atitudes movidas pela ação dos templos, igrejas, evangelhos e messias não ortodoxos. De forma oculta, fecham a porta para a revelação do próximo sofrimento por quadrante dos Portões dos Dias entre as confederações, federações e fraternidades sobre o que conhecer daquilo que existe para o reino de inúmeros seres ou deuses. Alguns já não possuem os brasões de Comandantes Estelares similares do que entendem como Guerreiros da Luz. Pela luz dos Namastês não há como conhecer se a luz possui conflito emocional humanóide em meio a quem não mais inveja cada momento de projecionismo nas meditações diárias.
Namastê para o consenso da sustentabilidade de seus corpos e almas ao longo do autoconhecer a si mesmo sem ser necessário resgatar o que há na realidade paralela. Pelos inúmeros relaxamentos vindouros a quem chegar à luz de unificar a respiração conscientemente com o Namastê do mantra que ninguém possui. Pelo genético dispositivo de voltar ao próximo sacrifício comum de quem se crucifica para que todos nós sejamos um.
Responda pelo lado oculto de seu íntimo: aonde desejo chegar?
Namastê pelo perdão a quem não pertence à humanidade no desafio de querer eliminar como exercício o próprio sofrimento psíquico que os mantêm encarnacionalmente interligados às energias planetárias.
Namastê pela causa do amor de quem não concorda que somos todos um para quem cria todas as vítimas da desigualdade por destino malsucedido.
Namastê para quem controla o sentido de sua escolha e cuja atitude pessoal não lhes faz exercer o exercício da sabedoria do saber.
Namastê que espera a libertação do perdão entre Alfa & Ômega no abuso das leis constituinte dos argumentos a respeito da próxima violência coletiva latifundiária que conserva a conduta para outras vidas.
Namastê pela busca do amor no qual o entendimento inconscientemente não quer aceitar quando observa as discussões dos outros. Pelas eras de brigas, lembranças que remontam à inquisição passada e se soma a outras situações da vida.
Namastê para quem se arrepende de ter colocado outra vítima no asfalto da vida e que sempre fará vencer o opositor oculto do desconhecido de todos.
Namastê pelas frustrações que conduzem aos vícios dos causos no caos. Pela guarda silenciosa de quem culpa o próximo, no fundo da alma. Pelo mergulho interno de não se perdoar no imprescindível “olhai os lírios dos campos”. Pelo mergulho das civilizações passadas.
Namastê pelo ciclo de Júpiter, que se alinhará ao de Saturno devido à intensidade de energias superpostas para o momento no qual os céus derem a vocês o que for favorável com crescimento e aprendizado… Quando o autoconhecer estiver no sincrônico sentido de Meu Deus, bem-aventurado seja mais esse dia de viver para o novo estágio do futuro.
Por Vossa Luz sejamos abençoados.
Amém, Namaskar, Namastê!

Fiquem na Luz!

Anúncios

No comments yet»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: