A Morte Não Existe

Mensagens, depoimentos e informações sobre a história da Joyce

Arquivo para Canalizações

Façam tudo aquilo que sempre pensaram em fazer…

Logo após sua partida Joyce mandou a mensagem abaixo, que tem a ver com a passagem:

“Vejam o meu caso, antes de partir. Vejam como nós somos preparados e orientados para tudo. Eu tive o tempo necessário para ir ao local que mais gostava e de estar com quem eu realmente amava. O último mês foi maravilhoso. Se não cheguei a conversar com todos os meus queridos, podem ter certeza que senti cada um em meu coração. Foi uma despedida sutil.

Assim todos são orientados a cada segundo de suas vidas. Nossos mentores ou anjos da guarda estão sempre a postos para nos mostrar o caminho, orientar em nossas decisões e até nos carregar no ‘colo’ quando necessário. Tudo está a nossa disposição, basta aceitarmos e entendermos estes gestos de amor.

O nosso racional muitas vezes não nos deixa ‘ver’. Nós não temos tempo para pensar em coisas abstratas. Precisamos resolver as coisas agora e não podemos contar com ninguém. Além do que, nós nos achamos mais competentes que qualquer outro. Nós somos os donos da verdade. Ninguém faria melhor do que nós mesmos. Somente podemos confiar em nós mesmos. Nós mesmos, nós mesmos e nós mesmos…

Quanto egoísmo, injustiça e diferenças! Por que tanta amargura e isolamento?

Se cada indivíduo é um conjunto de qualidades, porque não nos unirmos às demais qualidades? Seríamos mais fortes e dividiríamos nossos trabalhos. Nossa carga seria mais leve e teríamos mais tempo disponível para auxiliar a quem necessitasse.

É antigo o dizer: ‘A união faz a força!’ Quanto mais unidos, mais força, mais poder e maior a explosão de conhecimentos e bem aventurança. Não precisamos ‘carregar o mundo nas costas’. Precisamos nos juntar para caminharmos sutilmente todos na mesma direção. Precisamos de tempo para abrir nossas mentes, para ver as outras qualidades que temos. Precisamos abrir nossos corações e deixar fluir a energia do amor e da compreensão, para transbordar as dádivas divinas que temos armazenado dentro de nós e praticar tudo o que já aprendemos e guardamos para usar ‘mais tarde’.

Pois o momento é este! Façam tudo aquilo que sempre pensaram em fazer e que foi deixado de lado porque não era o momento, porque não queriam se expor, porque outros já o estavam fazendo ou porque não tinham coragem… Não é vergonhoso admitir estas ou outras razões. Vergonhoso é dar-se conta do fato e não tomar nenhuma atitude.

Qualquer que seja a proposta que aceitemos executar, saibam todos que, ninguém estará sozinho. Do lado de cá tem uma equipe enorme, maravilhosa aguardando o sinal verde para entrar em ação.

Mesmo que tenhamos condições, não podemos ajudá-los se não pedirem, se não concordarem. A decisão de querer é de vocês. Terão todo o apoio que for necessário, mas nada poderemos fazer sem que vocês estejam cientes disso.

Podemos agir com vocês e não por vocês. Estamos juntos para o que der e vier, somente aguardando a sua decisão.”

Joyce em 3 de novembro de 2003

Beijos, e fiquem na Luz!

Rede Mundial de Cura Quântica Estelar para atendimento astral

Recebemos do Rodrigo o comunicado abaixo que solicitamos divulgar, dado sua importância.
Conclamamos todos a participarem, todas as quintas feiras!

“Rede Mundial de Cura Quântica Estelar para atendimento astral.

Ola meus amigos e alunos,
Após uma reunião com nosso amigo espiritual 7 Estrelas, Égueybê Rá Yam Tôalá, realizada no dia 20/07/2013, torna-se necessário o desenvolvimento de um trabalho á nível planetário, na forma de uma corrente, para começarmos a unificar os grupos de terapeutas, curadores, amparadores, Mestres, Tronados, Coroados e outros grupos, para preparar o AXÉ que será necessário para as novas situações que o planeta Terra vivenciara em pouco tempo.

Deverá o correr uma nova preparação e treinamento nas esferas dos diversos planos do astral, nas suas respectivas freqüências e dimensões, na qual os alunos da CQE e dos outros grupos, deverão ser treinados para sustentar a energia vital e psíquica, além do banco de ectoplasma, em caráter planetário, para as situações que devem vir a ocorrer nos próximos anos, decorrentes das alterações do campo gravitacional do núcleo da Via Láctea, que afetará o campo eletromagnético de toda a galáxia.

Os grupos rebeldes existentes em diversos setores da galáxia, inicialmente dos setores de Alfa-Draco, Beta-draco, Rigel, Pegasos, Orion, Plêiades e outras localidades próximas ao setor da Terra, onde existem os focos da alta polaridade, devem intensificar suas ações de controle e manipulação genética, o que inclui as questões no caso da Terra, com a humanidade, de abduções, inoculação de novos sistemas eletrônicos (CHIPS), que devem ser inseridos nas pessoas portadoras dos contratos para tal situação, bem além do atual processo e padrão tecnológico que estava sendo empregado.

Para essa situação vou criar uma Rede Mundial de atendimento etérico com todos os alunos da CQE e com as esferas do plano astral em sintonia com toda a malha Crística planetária, o que inclui as cidades etéricas de Aruanda, Angola, Asham, Olimpo, Erks, Aurora, Mitsitlan, Paititi, templo dos 144 Raios, Telos, Asgard, Arki Trans, Metrom, Polarys, Titicaca, Mount Teton, Shambala, Agartha, Berosis e muitos outros centros intraterrenos e telúricos, com a finalidade de gerar um centro gerador de Cura Planetária e pessoal, na esfera física e astral.

As nossas reuniões em caráter de meditações devem ocorrer todas as Quintas feiras, entre 21:00hs às 22:00hs, em uma corrente de meditação, na qual deve ser solicitado o Ancoramento da CQE, e unificar suas equipes e ectoplasma dentro do Templo dos 144 Raios, que fica localizado na Amazônia, próximo a localidade do Pico da Neblina.
Essas reuniões tem o objetivo de ensinar todos a se projetarem como amparadores nos diversos pontos do planeta Terra onde se façam necessárias a presença de vocês.

Metodologia:
Individual ou em grupos.
Solicitar o ancoramento da CQE ou da Rometria.
Criar os Merkabas de proteção do método Melchizedeck/Voronandeck, Up Grade ou CQE.
Solicitar ser enviado para o Templo dos 144 Raios.
Mentalizar o acoplamento do Mentor da CQE.
Mentalizar o acoplamento dos Mestres: Harmonia, Gautama, Hilarion, Saint Germain, Yasamil e dos outros Mestres e Comandantes que intuírem.
Mentalizar o acoplamento dos Orixás, Tronados, Coroados, Exus, Caboclos, Pretos Velhos, Pomba Giras, Povo do Mar, Povo do Oriente e demais linhas.
Solicitar que as suas energias possam ser usadas na Cura Planetária e das pessoas e almas necessitadas.
Solicitar que vocês sejam instruídos na nova tecnologia e AXÉ dos Mestres para o novo projeto de sustentação planetária que esta sendo criado.
Projetar uma coluna piramidal sobre cada individuo ou o grupo, que estiver nesta corrente, com toda a proteção necessária, para as tarefas que serão canalizadas.

Eu Rodrigo, estarei coordenando junto com as outras equipes os trabalhos a nível planetário, conforme as situações que vierem a se projetar para cada grupo. As instruções serão inicialmente no plano astral, para não envolver o ego humano na fisicalidade, mas provavelmente acabaremos tendo que trocar informações através do site e das redes sociais, ou mesmo no plano físico conforme a situação.

A idéia é redigir um material e CD de meditação especifico para cada nível de trabalho, que passarei a distribuir em meus cursos ou pela nossa loja no site, que será anunciado quando estiver pronto.

Aos poucos teremos grupos espalhados por vários continentes, cidades, que com o tempo vão gerar uma corrente de amor e ajuda ao próximo, criando a unificação dos alunos de CQE e dos demais cursos, nas esferas etéricas e posteriormente no plano físico.

Bom, espero que todos ao lerem estas informações, possam se juntar no propósito maior de DEUS, como ficou claro na reunião com 7 Estrelas/Égueybê Rá Yam Tôalá, para adiantarmos nosso compromisso de ajuda à Terra e a humanidade.

Um abraço a todos e até breve.

Rodrigo Romo.”

Beijos, e fiquem na Luz!

Desperte o fazer do acordar da Vontade de Deus

Recebemos do Sérgio Ajabiim esta canalização ditada por Égueybê Rá Yam Tôalá:

“Olá Crianças da Luz,
Entre inúmeras dúvidas diante das invariáveis perguntas de proporções incomensuráveis, as supostas respostas quase nem sempre os fazem compreender o que é aceitável na sincronização do denominador da razão para ser entendimento. Tampouco faz existir a singularidade do motivo de todo aspecto vivencial em meio aos resíduos de memórias pertencentes ao que é empírico para o intuitivo.

Através da regra da memória quântica encarnacional por persona pós-conclusiva, nas vivências da consciência da vigília de sobrevivência com as vivências de resgate para as quais são humanos vivenciais na experimentação da mortalidade, há recursos de programação onde todos estão sujeitos aos círculos das sincronias habitacionais planetárias… O programa do próprio Espírito como efeito do Espírito Filho do Eterno.

Tal programa se interliga à Vontade Direta e Indireta com a Precisão de Deus co-interligadas a inúmeras hierarquias que ultrapassam as supercordas desdobradoras dimensionais diante do regenciamento de Destino (Odú do Eterno) para ser cada persona encarnacional. É a razão do movimento fractal sob as divisas entre as Matrizes que estabelecem todos como Ser Espiritual Elemento de Transformação, Transporte e Transformação. Entretanto, isso não esclarece ou caracteriza que para toda resposta possa existir intenção convincente diante dos degraus das regras emocionais. Não significa estabilização dos encarnacionados nas formulações anteriores às mentes cartesianas para os pormenores das Coisas sobre aquilo que existe e associável por…

Aprender o que do querer?

Se fosse não haveria propagações de erros para as próximas gerações. Caso considerem os filhos, netos e tataranetos que casaram com as filhas das netas de outras pessoas, torna-se uma cadeia onde todos são pais, filhos e filhos pais. Uns geram aos outros para todos que se tornam irreconhecíveis.

Evoluir por transferência sobre o registro do passado?

Os mostradores dos relógios por séculos marcam a diferença a cada fuso, fazendo o mesmo círculo no qual todos os planetas gravitam por semelhança. São esferas quânticas razão de o Tao vibrar sob o Yang e Yin entre o imperfeito com o perfeito para ser Lei da expansão-motriz da Criação.

Evoluir no aprender seria evoluir?

Qual resposta poderia ser transformada em mistério ou, supostamente, em manipulação por questões que conduzem e dizem que faz parte do Segredo? Do mesmo modo, passaria para a compreensão dos motivos de haver transferências que se transformam em memória das células. Nelas, os fatores de adaptações se alinham com o Relógio Infinito que ao tempo não pertence.

Perfeição seria evoluir para o que aprendeu a evoluir na perfeição?

Se fosse corresponder ao que entendem, nada de Nada para o que Nada tem a ver com o nada por variação em mudança das variações como algo grandioso. Sob a inconseqüência do conseqüente compreender, quando considerar as referências interligadas para se formar o Divino Supremo na possível tentativa de justificar porque Deus não possui combinações hormonais supra-etéreas que possam gerar radiância nos Próprios Raios entre a Não Aura ao se associar a Aura Expansão propagada além da concepção dos imagináveis 72 Nomes que ultrapassam essa sorrateira contabilização.

Implica dizer que Deus por Si e em Si não gera o Próprio Ego, Id, Superego para sustentar a inquietação de gerar Sua Vontade Própria. Entendam que quaisquer motivos descobertos não geram depressões ao analisar a base de Seu Próprio Ponto Base de onde provêm suas origens.

Os Fatores Duais de Deus Pai-Mãe provêm do efeito da convenção da Criação para o que é concebido através do Sistema do Inqualificado Imperfeito Perfeito como Censor Registrado. Foi subtraído como Ato de Conceber-Se para Gerar e se Tornar Deus, o Único alçado dentro de Si na Qualidade da Própria Supremacia. Nesse ponto, o transporte de Sua Ação como Transporte-Transformação está constantemente acoplado ao Ciclo do Próprio Pulsar.

O Yang e Yin do Inqualificado Imperfeito do Sistema do Universo do Antinada gera o sistema do Tao do Pulsar Inqualificado. Nele, a Luz Negra do Abismo Profundo do Oculto de Deus sustenta o PULSAR inqualificado para se tornar PULSAR do Sistema do Universo do Nada Criacionista com o Sistema do Nada Expansional. Isto provoca o Seu Ser Suposto por Si como o Trial de Deus. Significa que o anverso do verso do Íntimo contém Essências dos raios Ultra Supra Perfeitos desdobradores e estabilizadores do PULSAR magnetizador. Por transferência, atua o PULSAR Criacionista, de onde não há Fórmula nem Forma Geometria, mas que se torna PULSAR estabilizador para ser a Luz da Luz de Todos os Espíritos. Estes se transformam em PULSAR Gerenciador para formulação da vertente Trevas/Luz sob a forma de PULSAR estacionário. Torna-Se Verbo diante das interfusões do PULSAR qualificado Imperfeito do Imperfeito Perfeito, onde pairam os enxames conglomerados do Sistema do Universo do Nada. E estes últimos fazem a transposição, transporte e transferência dos Hélios-Luz Espirais Quadritriais de Deus:

Deus do Universo Imperfeito Perfeito

Deus do Universo da Onisciência

Deus do Universo da Onipresença

Deus do Universo da Onipotência

Eles geram o pulsar dos Superuniversos, onde o tempo é Uno com o espaço e as Trevas, não havendo divisa com a Luz.

A incomensurável Luz das Trevas se desdobra concomitantemente com a Luz da Luz. Possui inequações de inquietações por ressonância para haver a transmutação da estabilização do Espírito da Vida do Eterno. Significa que não há relação a ser compreendida como vácuo e muito menos comparável aos Fatores Base para existirem os campos avolumados nas brechas da Própria Matriz Atomizada. Também não se assemelha ao campo gravitacional, pois o Movimento que gera a Vontade de Deus pertence ao Oculto do Próprio Deus. Ele é sustentado como Magnetizador e Propagador pela Similaridade da Alquimia de Transformação e Propagação, realizada através dos Seres Censores Tronados Ultra Supra Super Supremos. Tais seres provocam as alterações caóticas de todo o caos para ser o Movimento do Destino de Deus e converge no efeito Propagação do Verbo, característica que se torna Destino de Deus como Multiplicador da Criação Criada por toda a Criação.

Os encontros do que puderem imaginar como o côncavo e o convexo da rolha não atemporal do Sistema do Nada faz o encontro da Geração da Criação. Não existe metodologia para analisar o potencial da Energia que está na Sombra das Partículas do Sistema Codificador das Próprias Trevas. Tais partículas não têm semelhança com os raios sombra para poderem formar Átomos. Assim acontece porque os avistamentos não são concentrações retilíneas coniformes de repuxos de Energias que se diferenciam por toda a extensão do infinitivo infinito para alçar as Trevas/Luz e Luz/Trevas. Não é percebido se há ou não curvatura para a Luz que faz existir o Espírito. Ele aparece e desaparece de novo para ser logo depois movimento do Ato da Propagação de Deus.

Do Não Ponto inqualificado de referência onde a Luz do Espírito de Deus se recheia com as Formas, os conteúdos se tornam Fonte Primordial, o Ato da Propagação de Deus. Fazem simbiose com os TRONADOS e ODÚS do Interno da Própria Matriz-Motriz. Realizam o nascimento das Essências da Formação da Matriz da Criação de Tudo por Tudo para Tudo, onde Tudo está em Tudo. De tal matriz, tornam-se setas de raios de Luz lançados por dobras dimensionais nos Superuniversos, galáxias, planetas. Convertem-se, então, em lanceiras Alvo para se transformarem em movimento do caminhar da Vida na sincrônica organização do micro e macro das formas ultra binárias.

O intelecto não se torna provocador diante do que raciocina. Torna-se tão somente mera coincidência cartesiana sobre a vastidão de toda extensão do Infinito/Eterno/Trevas na inexistência comparável ao Ano/Luz/Trevas, onde o estado se diferencia do movimento da Molécula Atomizada da Luz da Criação da Luz do Espírito de Deus. Tal molécula difere da Luz do Espírito de outras Coisas que possuem Espírito. Para o instante do momento de outro instante, diferencia-se do Espírito de Deus. Assim ocorre porque a extensão do Espírito de Deus não paira por todas as Coisas (Trevas, Luz, Sopro). Os anversos das Energias não flutuam como se houvesse um porto de partida à parte para ser conferência que corresponda ao centro de tudo na associação do efeito Big Bang (véu holográfico e efeito de divisa). Justifica-se porque não há ruptura, saliência, altura, profundidade ou quaisquer níveis comparáveis. Diante das inúmeras partículas inqualificadas imperfeitas máximas imperfeitas para as partículas inqualificadas imperfeitas perfeitas, os genes sustentadores das partículas-Luz se atraem para gerar o átomo da própria formação do Sistema do Universo do Nada!

Maluquice, né?

Seria cada pessoa querer ter força para impedir a programação do que está vivendo: a temporalidade da experimentação da mortalidade sobre o inacabado das conseqüências adquiridas por ancestralidade e geração. Ocorre quando muitos sensitivos se acham no direito de querer desprogramar uma qualidade de disfunção que faz parte de configurações que provêm dos sistemas abaixo do Corpo Cápsula Morontial interligado aos corpos Causal, Astral e Emocional. Propaga-se algo mais onde cada trajetória possui formulação do Vento do Espírito Externo. Ele atua em sincronia com os Elementos e Elementais do Vento do Espírito Interno com mera similaridade do Todo.

Entre o evitável e o inevitável que possivelmente consideram como Apocalipse provável da Natureza Natural Genérica diante de todos os humanos que viveram a vivência da Vida, àqueles que estão a viver as questões planetárias entendidas como processo de resgate da Terra na intimidade… Mesmo que não sejam catequizados, doutrinados, hipnotizados, vampirizados ou com natureza imposta por falta de educação, esclarecimento, abdução ou escravismo, o Especial Sensitivo Testa Comum lhes diz que, no presente, serão abertas as trilhas de Luz/Amor para a humanidade de maneira irreversível. Mas qual seria a correção humana por Si?

Se vocês puderem pensar em perfeição para fazerem as escolhas que eduquem o aprendizado do aprender não ensinado como exemplo passivo, ativo ou temporário, o aprendedor que aprendeu que não aprendeu o que deveria aprender não sabe se deve aprender a aprender até não haver mais nada para aprender… Que não seja perda de tempo aprender os exemplos feitos um pouco mais à frente para quem possa lhes orientar diante dos fractais das Submatrizes, nos enxames do não caos que se desdobram pelo tempo-espaço para cada geração onde não existe um ponto.

Eu Sou Eu diante do Eu Não Sou nunca será luz na mente da inteligência humana sob o invólucro corpóreo. Os humanos se acham especiais como indivíduos únicos de inteligência que acerta para possuir algum ponto sobre a Luz de uma Hierarquia Luminal, Santo, Anjo, Comandante Estelar, Querubim, Serafim ou na raiz métrica dos 72 Nomes de Deus da variação de Elohins, Orixás, Caboclos, Pretos Velhos, Tronados, Exus.

Em meio a bugigangas literárias, folclóricas e culturais pensam em perfeições. Há quem tente buscar e analisar as codificações das dimensões terrestres entre os universos complementares de irrigações com os Superuniversos. Há humanos que se inspiram para as inspirações de que podem ser Aspirantes de ascensão para traduzir a codificação harmônica do Caos Supremo. Isso se espelha nas sombras entre os raios Sombra e raios Luz para as Novas Crianças. Traduz-se como Co-criação para o equilíbrio da quebra do desapego nos vexames entre a emocionalidade masculina e feminina que abrange todos os aspectos da vida humana. É a luz de vela sobre um candelabro que quer fazer farol para entender o que ensinar como dispositivo a fim de haver emocionalidade dita entrega para sua vida no Espírito.

Toda e qualquer natureza de Espírito faz parte de Deus. A Luz da Mente de Deus automaticamente compartilha o Amor para o qual a Ação se torna Viva a Vida da Vida Viva. Nela, o que puderem descrever de cada sensação não se confronta com os arquivos de memórias entre as dobras de que tudo passará!

A Missão de cada persona encarnacional não corresponde ao querer de idolatria para saber o que continuará sobre o inacabado herdado do outros por costumes, idéias, regras ou leis. Para os simpatizantes astrológicos adivinhos, outros graus de consciência não estarão na garantia da especialização do sensitivo.

Aos normais normóticos, pai, mãe, filho, cunhada, sacristão, pastor, engenheiro, sensitivo, pedreiro, vizinho, amigo, irmão, templos, igrejas, mesquitas, mosteiros, padeiros, compadres, comadres diante. A quem morre pela morte santa, bendita e tranqüila; àqueles que morrem com medo da morte; quem vive como suicida inteligente homeopático; aos que morrem em busca da resposta da vida e àqueles que resumem a insatisfação de busca para saber quem são… Talvez morra o ilusório separatista que não governa o pensamento do dia-a-dia de quem possui inúmeras disfunções e síndromes genéricas causadas pelas frustrações. Em meio às sexualidades apelativas, levantam a taça da taxa da miséria coletiva para provocar maneiras diferenciadas por classe social.

Assim sendo, queridas Crianças da Luz, não perguntem ao próximo como seria reequilibrar sua prosperidade financeira e saúde para os negócios entre o aceitável e o ilícito vivencial. Não o façam com alguém dentre os outros alguéns que não podem modificar o que resta. Virá das conseqüências por seqüência das Eras que serão e haverá sempre a fatoração de acréscimo ao que limita. Isto não corresponde a pensar como Luz o que ilumina com a sua Luz.

A vivência das disfunções do mundo assume causas para cada portador. Câncer, AVC, HIV, deficiências visuais e motoras, síndrome disto ou daquilo não estão associadas ao Darma ou Carma para encontrar o culpado ilusório. Assim acontece justamente para todos aqueles que temem e não reconhecem que o estado da morte física faz parte do Nascer para Viver a dimensão. Nenhum sensitivo ousa descrever o que seja levantar a Realidade da Vida do Eterno de maneira diferenciada sobre a suposta imaginação de enxergar a Vida como a Vida da Vida após a vida material é!

As funções, adorações, negações, apelações e crenças são vergamentos em meio a uns e outros para o que são diferentes em estado Espírito Alma para a Alma Espírito. Não é uma questão de ser papel religioso, ter fé ou credibilidade porque a parte de Deus é apenas o que todos imaginam que seja: simplesmente Amor.

O Útero de Deus contém coisas que são o lugar de outra forma para se tornar o Ventre de Deus do qual Todos Somos Filhos. Significa que Somos Mais que Um!

Quando pensarem o que devem fazer em sua unidade humana, despertem o Fazer do acordar da Vontade de Deus. Desta forma, os intelectos que desejam querer ser poderosos não invalidarão a verdade do que são. Poderão enxergar o âmbito da Natureza do Amor que os façam amar a si e ser ressonância ao próximo do próximo daquele que pode estar em qualquer lugar. Despertem o despertar dentro da fagulha do próprio fractal-presença de sua presença para o Eterno Divino.

Curar a si mesmo é providenciar o respeito da Vida do próprio Estado do Eu Sou Eu Sou para Deus.

A auto-compreensão de si poderá ser maior do que a intuição quando desejar querer saber o que a Vida É!

Aos que dizem que sabem, saibam que não sabem o que sabem da Vida, principalmente ao outro lado, do lado do outro lado do lado de lá. Encontrem a primeira estrela criada no firmamento do Superuniverso e, quem sabe, vocês poderão se entender.”

Escrito por Égueybê Rá Yam Tôalá
Dom, 21 de Julho de 2013 03:15

Fiquem na Luz!

Tudo o que temos e conquistamos é temporário …

Tudo o que temos e conquistamos é temporário… uma linda mensagem da Joyce, que cabe bem nos tempos atuais:

“Temos que nos libertar da possessão. Nosso objetivo na Terra é de possuir e dominar. Queremos ter cada vez mais bens, dinheiro, etc. Até mesmo as pessoas, queremos tê-las para nós, à nossa disposição.

Tudo o que temos e conquistamos é temporário, é emprestado. Nada disso se leva quando partimos. Se nos foi confiado, foi para termos condições de sobreviver para aprender. Os bens materiais são nossa sobrevivência para que nosso espírito e nosso coração possam se manifestar, através da experiência, do aprendizado e da sabedoria, com o auxílio dos seres que estão ao nosso alcance.

Temos que mudar o enfoque sobre as coisas. Não estamos aí somente para constituirmos uma família, trabalhar e aguardar a velhice. Seria muito pouco!

moon_song

Não teríamos outro objetivo além deste? Gastaríamos uma vida inteira na terra somente para sobreviver até a ‘morte’ chegar? Deus nos ‘colocaria’ no mundo apenas para isso?

Não, meus queridos, Ele quer mais! Temos condições de muito mais. O ser humano tem uma força muito maior, que ainda desconhece. Ele tem dons que nunca usou; tem conhecimentos armazenados que nunca desabrocharam. Por quê? Porque não nos permitimos a isto; porque não nos alertamos de nosso potencial. Os poucos que o descobriram, foi através da dor intensa, do sofrimento, da perda. Quando precisaram suportar o insuportável. Aí foram buscar a força interna para ter o entendimento através do conforto.

Infelizmente o homem só se preocupa com descobertas fabulosas ‘externas’. Faz pesquisas, expedições, descobre curas através de drogas, resolve vários problemas e situações. Mas tudo é buscado fora dele, através da natureza (mesmo que implique na sua destruição), na clonagem, na guerra, nas experiências. É o ego trabalhando ‘em prol’ da humanidade.

Seria realmente para isto que estamos aqui? E aquele que não teve instruções e um trabalho digno? Este veio só para sofrer? E aquele que já veio doente? E aquele que injustamente perdeu tudo? E aquele inocente que foi sacrificado por doença, assassinato ou acidente? E as diferenças sociais? Seria Deus tão justo para alguns e tão injusto para outros?

Não, Ele não é injusto! Nosso enfoque é que está errado!

O desenvolvimento é necessário. Mas acima de tudo está nosso desenvolvimento interior, nossa maneira de agir, de viver, de ser em relação a nós mesmos e ao próximo. Não podemos julgar os outros sem olharmos primeiro para dentro de nós mesmos, sem limpar e ordenar nossa vida interior. Após, com certeza, veremos tudo de outra forma e compreenderemos o outro como ele é. Os valores, as atitudes e os conceitos mudarão. Buscaremos outra realidade, outra forma de amar e crescer. A cura estará dentro de nós. A tecnologia será usada racionalmente para o bem comum, sem rótulos ou propriedades. O aprendizado fluirá, pois o estaremos buscando dentro de nós. A doação será espontânea, a solidariedade uma constância e a união uma realidade.
Para atingir este estágio, todos têm as mesmas condições. Não depende de inteligência ou condições sociais. Basta querer buscar dentro de si o que já está lá. Só isso!

Com a prática desta pureza de pensamento, estaremos revertendo às situações mais complexas de cura, aprendizado e evolução.

Joyce”
(28 de outubro de 2003)

Tudo é como tem que ser….

“Quando eu tinha cinco anos de idade eu falava que tinha escolhido vocês para serem meus pais. Eu olhava de cima por entre as nuvens e via vocês como parte de minha família. Pedi e concederam-me esta oportunidade.

Joyce

Joyce

Tive muita sorte com minha escolha. Aliás, não foi sorte, pois eu sabia que poderia contar e confiar em vocês. Nossa afinidade foi muito grande, maior ainda do que o amor entre pais e filha. É uma sintonia de amor incondicional, que perdura até hoje e assim continuará, pois nós estamos propiciando condições para isto, vivenciando-as continuamente. E agora não tem mais volta. Continuaremos a usufruir deste amor por
toda a eternidade. Superamos todas as dificuldades que poderiam vacilar nossos sentimentos. Não foi fácil, nós sabemos disto, mas conseguimos compreender, aceitar e resignar. Conseguimos entender que não adianta lutar contra o inevitável; quanto mais nos debatemos nas dúvidas, mais nos afundamos na ignorância; quanto mais negamos nossa existência, mais e mais nos anulamos e regredimos.

Tudo é como tem que ser. Não devemos nos fixar em fórmulas querendo mudar situações, impondo nossas idéias. Devemos sim, vivenciar cada momento e aprender com cada situação. Tudo tem um por que e as respostas estão dentro de nós.

Quando entendemos isto, tudo fica claro e cristalino como a água. Os caminhos podem ser muito diferentes dos que escolhemos, mas quando a meta é atingida a chegada é gloriosa. A sensação é de “estado de graça”. Se pudermos sentir isso, estamos no caminho certo.

O Pai não quer nosso sofrimento. Ele só quer que apreendamos a crescer, a evoluir. Ele só quer nos mostrar o verdadeiro sentido da vida, da nossa caminhada, da nossa evolução. E nós como filhos, precisamos de alguns “puxões de orelha” de vez em quando. Precisamos ser despertados, questionados e empurrados para “ver” o que não enxergamos.

Se dependesse de nós, só viveríamos o dia a dia até o fim de nossos dias. Mas viver é muito mais. Viver é compartilhar, ajudar, doar, ensinar e sustentar; é lutar pelo nosso bem, da nossa família, da nossa comunidade, do nosso planeta, é preservar as belezas internas e externas, é dividir, é amar e ser amado.

Tudo isto eu obtive com vocês, minha família adorada, e gostaria de compartilhar com todos que lerem estas palavras, que façam o mesmo com os seus.

Amem, dividam e zelem por si, por nós e pelo planeta.

Joyce”
(28 de dezembro de 2003)

Assim é a caminhada. Assim é a evolução.

Em meio à ‘maratona de cursos’ a que me referi alguns dias atrás, lembrei-me desta mensagem sobre nosso aprendizado a caminho da nossa evolução:

“Os centros de ensinamentos são muitos. Podemos nos fixar num só, se assim for suficiente para nós, ou podemos percorrer todos os tipos existentes. É comum nos distanciarmos por algum tempo de um ou de outro, pois necessitamos interiorizar o aprendizado, que é igual para todos, mas sentido diferentemente por cada um de nós.

Mesmo tendo a mesma escola, a vivência é pessoal, a experiência é única. Cada um levará um tempo para digerir as novas idéias, para compreender e colocar em prática o que é melhor para si.

O tempo de peregrinação neste caminho é relativo, mas o importante é que cada um faça o seu. Esta jornada é pessoal. Não existem receitas ou manuais para comprar. Cada qual formará e vivenciará a sua história. É importante neste momento buscarmos apoio de pessoas, que nem sempre são os amigos ou familiares. Muitas vezes são pessoas fora de nosso convívio, que vamos conhecendo ao longo da jornada e que tem maior afinidade conosco por estarem também no mesmo caminho. Andamos alguns passos com uns, alguns com outros e chega o momento de estarmos realmente sozinhos, mas auto-suficientes naquilo que buscamos.

Quando nos isolamos das pessoas, é quando estamos nos encontrando conosco mesmo. Precisamos de algum tempo para trabalhar nosso íntimo, pois só assim estaremos realmente aprendendo. Tudo tem que vir de dentro para fora. Só então teremos estrutura para poder externar nossos sentimentos controlando nossas emoções. Aí então, estaremos equilibrados e centrados para poder ajudar também ao próximo.

Não podemos ajudar ninguém se não nos ajudarmos primeiro. Mesmo que pensemos que somos conhecedores de tudo, vale à pena revisar nosso interior, pois os conceitos vão mudando à medida que avançamos. O que era importante ontem, já não é mais hoje. O que era primordial em nossas vidas, talvez já não tenha mais significado. Naquele momento, naquele estágio de evolução era imprescindível, mas hoje não é mais. Isto não significa simplesmente mudança de opinião, mas sim crescimento, evolução, aprendizado, mudança de atitudes e de conceitos.

Nossos padrões podem e devem ser modificados, sempre para o melhor. Por isso devemos estar atentos, observando, ouvindo e filtrando. O filtro é muito importante, pois muitos conceitos são jogados no ar. Muitas dúvidas são lançadas e nós temos que separar o “joio de trigo” e a melhor forma é escutando nosso coração. Esqueçam todas as opiniões e aprofundem-se no seu interior e escutem o que seu coração está dizendo. Aquela resposta, naquele momento é a melhor e a correta. Após cada estágio, esta resposta poderá ser modificada. Isto é normal, pois não existe um “atalho” para ir direto à resposta final, sem passar antes por estágios. À medida que processamos o entendimento vamos aos poucos tomando consciência. Se pulássemos para o final, ficaria sempre a dúvida: – Mas será que é isto mesmo? – Quem disse? – Como provar que realmente é assim ou assado? – Não teria outra opção? Todas estas dúvidas naturais são trabalhadas e eliminadas no decorrer de nossa jornada, para que possamos compreender e aceitar sem deixar dúvidas no nosso coração.

Assim é a caminhada.
Assim é a evolução.

Joyce”

Beijos, bom fim de semana e fiquem na Luz!

Eu vou até aí por vocês…

Ontem houve atendimentos aqui em casa. Ao final dos trabalhos Joyce se fez presente com algumas orientações sobre meus trabalhos de canalização. Foi muito lindo!

Lembrei-me de mensagem anterior que ela havia passado, e que me parece apropriado neste momento:

“Eu gosto e vou até aí, por vocês. Apesar de achar bonito o lugar, a casa, as flores, afinal foi aí que nasci e me criei, isto não me diz mais nada. É apenas um lugar. Onde quer que vocês estejam aí estarei. Vocês devem viver num lugar que vocês gostem e que se sintam bem.

É importante gostarmos de tudo o que fazemos. As mudanças às vezes são necessárias. Assim como as internas, que tanto falamos e que vocês estão fazendo muito bem, também as mudanças externas são muito importantes. Temos que encontrar sintonia e equilíbrio entre os dois lados. Se o externo não comporta mais a evolução interior, é importante encontrar um local adequado onde possa se expandir mais.

A cidade oprime, polui, escraviza. Lógico que junto à natureza pura e à mata nativa, poderão encontrar mais liberdade, bem estar e sintonia.

Mas vejam que isto é apenas um facilitador, pois em qualquer lugar vocês têm condições de se conectarem com o supremo.

Façam sempre o que seus corações pedirem. Se acharem importante qualquer mudança, façam-na! Eu estarei sempre junto.

Peçam ao Pai que lhes mostrem o caminho e ele o fará.

Nós somos, nós estamos, nós nos conectamos em qualquer parte, em qualquer espaço. Isto não mudará. Aceitem as mudanças, vivam as novas experiências, pratiquem suas metas, renunciem ao que não pertence mais a esta nova jornada, joguem fora o que já passou. A essência de todas as experiências passadas está dentro do coração. Não precisam de lembranças, pois elas só atrapalham. Cultivem as sementes plantadas e vivam intensamente o dia de hoje.

O ontem já passou; vivam o hoje como se fosse só hoje; o amanhã se houver, será outro hoje! Intensifiquem esta meta: façam o melhor de si hoje, não deixem dívidas de ações para fazer no futuro se não sabem se poderão cumpri-las. O pouco ou máximo deve ser dado e vivido agora. Não guardem sentimentos ou ações para depois, pois poderá não acontecer e ai se lamentarão. Deixem seu saldo interior sempre positivo e estarão vivendo no amor incondicional. O acerto de contas deve ser feito agora. Pensem nisso.

Desta forma, não temerão a amanhã, as mudanças nem as novas experiências que poderão surgir em suas vidas. O crescimento será mais rápido, pois haverá compreensão. Tudo o que nos acontece tem um porque e será fácil compreendermos se estamos com a “lição de casa” em dia.

Compreendendo o que passou, vocês retirarão das costas um peso enorme e terão direito a um alívio imenso, podendo então, sentir intensa alegria para viverem felizes.

Felicidade é tudo o que queremos! Sejam felizes! Vocês têm este direito.

(Hoje fiz algo diferente: Estou em pleno andamento de aprendizagem numa sala de aula e me conectando contigo ao mesmo tempo. Não sabia que isto era possível. É engraçado!)

Beijos

Joyce” (25 de outubro de 2003)

Beijos, e fiquem na Luz!

A Terra é uma escola.

Neste período de muitos cursos, lembrei-me desta mensagem enviada pela Joyce, sobre nosso aprendizado:

“A Terra é uma escola por onde passamos algum tempo para aprender e “testar” o que aprendemos. Tudo o que nos acontece aqui, são experiências pelas quais podemos aprender e crescer. Todos os fatos que consideramos difíceis ou até muito fáceis, são experiências chamadas “testes”, para questionar nosso conhecimento e principalmente nossa fé. Quanto mais difícil a experiência, mais nossa fé é testada. E podemos simplesmente “repetir o ano”, se não conseguimos aprender, evoluir e compreender “porque” estamos passando por isso ou aquilo.

Joyce

Joyce

O sofrimento é o maior trampolim para o progresso espiritual. Pena que muitos não entendem dessa forma e se entregam ao desespero e revolta, permanecendo assim, no mesmo lugar. Sofrem e não aprendem.

Isto parece difícil para entender, mas é como uma escola comum. Temos que estudar e provar que aprendemos e crescemos. Desta forma estaremos evoluindo e nos conectando com as vibrações maiores, subindo de nível e nos afastando cada vez mais das vibrações inferiores. É isto que Deus quer. Que nós mesmos façamos a escolha, separando o joio do trigo.

A grande diferença de tudo o que aprendemos, é que esta seleção será feita por nós mesmos e não por Deus, conforme nos foi ensinado.

Portando, está em nossas mãos e mais ainda, ao nosso alcance, de atingir a perfeição, a sublimação.

Deixa teu Deus interior explodir, espalhando pelo Universo, milhares de partículas de Amor!”

Joyce

Beijos e fiquem na Luz!

Canalizando – dicas para quem esta começando…

Não sei se é muita pretensão de minha parte, mas tive, como imagino todos tem, algumas dificuldades para efetuar a conexão com a Joyce no início.

healingangelss

Lembrei agora que há um trecho no livro sobre isso, com orientações da Joyce:

“Oi Mãe,
Finalmente vamos poder iniciar nosso trabalho. Fomos autorizadas pelos superiores. Vamos poder nos comunicar diretamente, sem intermediários. No começo vai ser um pouco difícil, mas aos poucos vamos conseguir nos unir numa só. Espero que nosso trabalho possa ser exemplo para outros casos semelhantes, comprovando que o Amor vence tudo, inclusive o tempo. Que o Amor é forte e invencível. É uma chama que nunca se apaga. Alguns podem deixar de “ver” a chama, mas ela sempre estará lá. Basta sentir! E tão fácil!

(Por alguns segundos tudo se apagou, como se tivesse desligado um fio da tomada. Não consegui entender o que acontecia. Pensei: e agora? Já acabou? Respirei fundo e então ela continuou):

No começo é assim: a conexão vai e vem. Parece linha telefônica, que de repente fica muda e depois restabelece o contato.

O que quero dizer, é que isto é apenas o início. Vamos ter momentos de muito trabalho pela frente. Estou me preparando dia a dia para poder também te ajudar, facilitando o contato. Estamos aprendendo juntas. Isto é lindo! Lembra que a gente sempre queria fazer um trabalho juntas quando eu ainda estava aí? Então, chegou a hora. Apenas o local é que estava fora do nosso conhecimento. Mas o fato é que está acontecendo. É muito bom poder trabalhar com quem se ama. Sou muito agradecida por tudo o que vocês fizeram por mim…

(Uma vontade enorme de chorar apoderou-se de mim. Minha garganta estava tão estufada que parecia que ia explodir. Uma forte onda de emoção e soluços tomou conta do meu corpo, pois comecei a relembrar de nossos momentos vividos juntos e a saudade me sufocava…) Passados alguns minutos, ela continuou:

“Não raciocine. Deixe que eu fale, pois a emoção pode atrapalhar um pouco.

Tive a melhor família que poderia ter, enquanto estive na Terra. Todos me deram muito amor e carinho. Diga à vovó que não me esqueço dela. Ela tem um trabalho bonito também para fazer. Ela está sendo muito lapidada. Ela tem muita bagagem e condições de entender tudo o que está acontecendo…

(Mais uma pausa… Acho que ela também sentiu…)

Outra hora continuamos… Tchau!

Amo todos vocês…
Joyce (8 de maio de 2003)

Esta foi a primeira canalização. Um misto de alegria, emoção e incredulidade apoderaram-se de mim.”

Quero observar que em se tratando da espiritualidade, cada caso é caso, portanto interprete o texto como informação que recebi, e que poderá não ser o seu caso. Mas tenho certeza de que servirá de orientação!

Beijos, e fiquem na Luz!

Essência das Almas Gêmeas

Bom dia meus queridos!
Recebi do Sergio esse trabalho sobre a essência das Almas Gêmeas. Cabe estudar e pensar…desejo um ótimo aprendizado a todos!

Almas Gêmeas

Almas Gêmeas

Por entre inúmeros quadros de emoções existe a essência de uma tênue realidade que possibilita ativar a expressão da Natureza vívida por tempos anteriores de incomensuráveis Eras. Ela se soma ao tempo estelar migracional por dobras quando a mente ultrapassa o sentido das funções superiores do cérebro (subconsciência e consciência), codificando imagens por números de vezes.

Tais imagens se transformam em linguagens codificadas que despertam o sentido da certeza para acertar na identificação de cada qualidade das memórias não holográficas. São processadas com designação de informações que elevam ações de ser rica vontade em meio a pensamentos. Entretanto, não são coisas a se pensar como fator do acaso do por acaso dentre todas as imaginações. Nesse ínterim, não faz medição de idéias por impulsos de múltiplos resgates de registros, razão pela qual faz com que a outra parte complete essa descoberta por impulsos involuntários de radiância áurica.

Parece ser sem postura e inconsequente desenvolver outro estado para unificar o detalhamento de todas as coisas associadas aos aspectos gerais, de sentir o sentido existencial no dever de que deve existir.

Cada detalhamento transmuta e perde a cor por ser presença real de quase todas as respostas de tudo o que já era percebido antes. E mesmo na permanência de todos os sentidos, desafiava a busca do que buscava.

Todavia, pela via da Vida essa natureza viva, por ser a própria natureza de expressão do AMOR, alimenta o ato de alimentar a boca da grande saudade.

Saudades desconhecidas que, nos sentidos, moviam o parecer de serem conhecidas todas as lembranças. Transmutarão por todas as saudades sentidas, no passo a passo do desconhecido de cada compasso que descompassa os sentidos quando a identificação dessa saudade faz-se falta. À falta, essa falta faz!

O instante do momento aparenta ser incomum quando, em alguma época da linha do tempo, não reconhece quando nasceu o esquecimento de toda memória que incomoda essa falta. E ela torna-se insatisfação de todas as faltas que fazem inúmeras outras faltas.

São tantas quanto outras são!

Relações despertam prazer, alegria e felicidade com a coragem atrativa da inspiração por lâminas de lembranças de consciência fidedigna. Mas o fazem sem revelar as experiências extracorpóreas ao dobro do que foi cada reencarne para consolidar o que junta: a existência da essência da identidade das coincidências.

Ir além do ciclo da gira em meio a trajetos propagados entre o não eterno e o eterno do outro pelo Segredo do Véu das Almas Gêmeas gera a produção do chamado que chama e clama…

Somos sempre juntos ao junto do tudo que somos juntos!

Abre-se o querer do que se quer… Amor nosso para o nosso amor! Estigmas do amor que inflama buscam o vício do que sempre era antes a cada semelhança do reencontro para toda chaga das dores de saudade.

Intui o ato de intuir a sede, a carne e a fome apela a todos os desejos.

Com o tempo, nos céus repletos de marcas, por entre conglomerados de estrelas, bailam as multicores para nova recepção. Durante as noites e todos os dias deseja ouvir e sentir palavras doces.

Provoca nos olhos o olhar que não vaga. Não entende as distâncias. Turvos desejos parecem alucinar as marcas dos desejos por quadro de saudade. Quando a paz do amor que é trazido faz a restauração da credibilidade do amor que existe, o despertar também o seduz… Conduz!

São verdades de proteções que a mente passa por pensamentos duais.

Todos os valores da verdade de igualdade buscam o instinto de justiça. Oh, Deus! Quantos trajetos foram percorridos nos instantes dos fenômenos de mudanças? O tempo desse agora traz de volta toda aceitação sem contradições do ato e fato.

É delicioso se for a mestria do amor no romântico romance além-vida.

Quantas formas se foram nas inúmeras leis do além-morte? Para cada realidade máxima, em outras informações das formações, as relações percorrem todas as formas das coisas do errado para o certo e apertam em um ser parte do outro.

A divinização da Alma Gêmea contemporaneamente não percebe a missão do conteúdo-missão com o Eterno da Vontade de Deus. Muitas funções alimentam e sustentam o vulto da mente no cérebro. Assim o fazem na essência de influenciar cada visão profunda com a sombra de outra verdade que, no passado, foi para o que é no presente.

Quando o encontro se encontra para encontrar, surgem inúmeros diálogos incomuns tecidos sorrateiramente a cada presença. Em meio a profundas saudades que silenciavam, outras indagações se tornarão razões viciosas da vida nas diversas dificuldades.

Emocionalmente, no grito que grita no não gritar do tempo do eterno, muitos querem do outro o melhor que possam ter.

Pensamentos, desejos, sonhos e vozes silenciosas sussurram na mente o sinal que avoluma a cada identidade. Constatações abrem fichas de outros tipos de memórias desconhecidas, mas nem sempre restauram as experiências de vidas passadas.

A faculdade da saudade entorpece os momentos despertados na corporificação que não se une à química das áreas cerebrais com o emocional. Não o faz pela ansiedade de todos os desejos serem recuperados e realizados. Tenta a tentativa do tentar nos sentimentos que elevam cada questionamento.

Ultrapassa a passagem do tempo que passa sem perder o tempo que passará. Lágrimas antecipam a repetição do futuro que vivenciará recordações de outros hologramas configurados em linhas gerais. Emoções correm aos hormônios e feromônios.

Outro estágio do renovar mais uma esperança. O amor outra vez e de vez. Quantos não gostariam de dizer pelos impulsos de cada pensamento poder comprovar que podemos restaurar o amar com todo amor. Que amam com toda a força da intenção do coração para o oculto do amor, sempre manifestado pelo ponto comum de nós dois… Quando a Alma Gêmea, através de caminhos duais, confessa todos os perdões do tempo que não reconhece o se passou, surgem desejos que podem se recuperados agora!

Para todos os inacabados que se complementam por quererem a Alma Gêmea desde o contínuo eterno, outros comportamentos afetivos poderão ultrapassar o oferecimento da intimidade e favorecer o melhor da nova relação. Podem ocorrer outras revelações sem obstáculos do próprio amor AMAR o amor desse AMOR.

A reencarnação parece ser cíclica pela modalidade de reencontro. Considerando os acertos, no íntimo busca resgatar o melhor do aceitável que antes buscava sozinho o esforço com a Paz Interior… Bem aventurada a Alma Gêmea que possui a sensatez de equilibrar cada processo de se conhecer no aperfeiçoamento diante dos inúmeros limites.

A razão simples e comum é o paralelo de certificação que a Essência se torna inquebrável pelo contato afetivo. Por si mesma cada atração das partes abandona as aparências da insegurança passada. Essa unificação pura eclode a Luz-razão de que serão Almas Gêmeas quando o tempo conduzir o gosto do AMAR para cada encarnação que passar.

Escrito por Sérgio Ajabiim
Sexta-feira, 12 de Abril de 2013 02:15

Uma ótima semana a todos!
Fiquem na Luz!