A Morte Não Existe

Mensagens, depoimentos e informações sobre a história da Joyce

Arquivo para Canalizações de mensagens da Joyce

O divertimento e o lazer fazem parte de suas vidas…

Em novembro de 2003 Joyce mandou esta mensagem. Agora, em vésperas da chegada dos netinhos para uns dias de férias, lembrei-me dela, já que pretendo fazer um pequeno intervalo.

“O divertimento e o lazer fazem parte de suas vidas.

Aproveitem os momentos de alegria e felicidade. Isto renova suas forças e suas energias, transformando-as em vitalidade.

Não é só de trabalho que o homem vive. Ele precisa também de descontração, férias e lazer, pois sua carga é muita pesada.

Trabalhar e praticar o bem, na realidade que vocês convivem, não é fácil. A densidade é muito grande e apenas sobreviver nela já é uma vitória. Qualquer melhora que fizerem a mais, são pontos muito valiosos para seu crescimento.

E quando insistimos para que aprendam e cresçam mais e mais, é justamente para darem o “salto” para sair desta densidade de vez. Sabemos o quanto sofrem por isso, mas todo o esforço vale a pena. O resultado é magnífico.

Portanto, sugerimos que tenham momentos de lazer e descontração, pois vocês merecem. É um abastecimento para que seus corpos resistam e prossigam na caminhada, não caindo no cansaço e desânimo.

Busquem o que é seu.

Vivam felizes e com alegria.

Vocês merecem!

Joyce”
(19 de novembro de 2003)

Aproveitem também!

Beijos e fiquem na Luz!

Somos muito, muito especiais!

“Somos muito, muito especiais. Vocês não têm idéia de quanto! Se tivessem já estariam fazendo alguma coisa.
Por isso eu digo: Acordem, olhem na sua volta, percebam os sinais, observem os fatos e vejam que algo diferente está acontecendo. Isto é real!”
A preocupação com o futuro deve existir. Não no sentido de guardar reservas financeiras, mas no sentido de não deixar dívidas morais.
O nosso tempo é hoje. Temos nas mãos o compromisso conosco, de fazer tudo o que está ao nosso alcance dentro das 24 horas do dia. Deixar para amanhã pode significar compromissos adiados e não realizados.
Não é pedir demais. O que podemos fazer durante um dia? Mesmo que seja pouco, mas se fizermos com amor, será o bastante. Não devemos nos preocupar com quantidade, mas sim, qualidade.
Nosso grande defeito é querer ‘abraçar o mundo’. Queremos fazer tudo de uma só vez; queremos resolver tudo agora e muitas vezes nos precipitando, porque queremos mostrar serviço. Afinal, para quem? Para nós mesmos ou para os outros? Isto não importa, das duas formas está errado. O que interessa é fazer o melhor de nós em cada etapa, em cada situação. Tudo é resolvido há seu tempo, não precisamos precipitar nada.
As oportunidades surgem e devemos estar abertos para elas. Nossas mentes têm que estar livres de preocupações futuras.
Vivam o hoje na sua maior intensidade e sentirão a alma leve, com a sensação de dever cumprido.
Amanhã é outro dia. Quando chegar, façam dele o hoje seguinte, da mesma forma como foi o ontem, talvez até um pouco mais, pois estarão mais fortalecidos pelo que já alcançaram e assim cada dia será um hoje ainda melhor.
Dosando seus compromissos desta maneira, estarão vivendo com mais qualidade e na certeza de que tudo foi feito com amor e da melhor forma possível, não ficando nada pendente. E se, por ventura, este for a último hoje de suas vidas neste planeta, partirão felizes, calmos, com a certeza da missão cumprida e sem arrependimentos. Nada foi deixado para amanhã…”
Joyce
Fiquemna Luz…

É tempo de mudança…

É tempo de mudança. Estamos sempre aprendendo, evoluindo, portanto mudando. É tempo de mudança. Estamos sempre aprendendo, evoluindo, portanto mudando. Abaixo mensagem da Joyce sobre o tema:

“Já falei sobre as mudanças, mas vale à pena comentar mais. Elas são necessárias em todos os sentidos sejam na vida pessoal, familiar, profissional, espiritual, etc.

Se sempre estamos aprendendo e crescendo, conseqüentemente estaremos também mudando de atitudes, de conceitos ou de lugar.

A mudança faz parte de nossa vida e ela é o reflexo de nosso aprendizado. Quando mudamos, iniciamos uma nova etapa. A energia renova-se, os fluídos se modificam, nossa expectativa aumenta, portanto ficamos mais despertos. Novos sinais poderão ser enviados para nós. Uma nova vida poderá se iniciar a partir desta conscientização.
Quando esta mudança acontecer em suas vidas, não tenham medo e jogue fora tudo o que não serve mais. Levem somente aquilo que é bom e vai somar. Acreditem nesta nova fase. Lutem por ela. Busquem novas perspectivas. Movimentem a energia que está estagnada dentro de vocês. Tudo está a sua disposição. Se não está acontecendo, é porque vocês estão bloqueando de alguma forma, não permitindo a entrada de novas
oportunidades.

A importância desta mudança é justamente esta. Querendo ou não, vocês terão que mexer em tudo o que está estagnado. Às vezes, só a mudança de objetos de lugar, já é o suficiente para movimentar energias.

“Façam isso e verão como tudo começará a se modificar, tomando outros rumos e novos caminhos se abrindo em suas vidas.”

Joyce.

Fiquem na Luz!

Mensagem da Joyce – Seus atos são o Espelho dos seus Sentimentos

Dois meses de intensa atividade! Muitos cursos! Uma boa sensação de dever cumprido!
Realmente passamos por um período muito intenso, mas muito proveitoso.
Agora teremos o curso “Rometria – Desdobramento multidimensional” com o Rodrigo Romo, que é uma apometria avaçadíssima, conjugado com radiônica e radiestesia. Depois, posso curtir os netinhos que virão passar uns dias de inverno (será que fará frio?) por aqui!

Mas hoje quero postar esta mensagem da Joyce – esta na pagina 225 da 3ª edição – e é dirigida a todos:

“Estou agora numa nave em missão de salvação planetária. A Terra
está doente e cheia de erupções que necessitam de nosso auxílio. Temos
que cicatrizar as feridas causadas por seus habitantes que não têm
consciência de seus atos danosos.
A maldade caminha lado a lado com a bondade. Não temos como
interferir nas suas decisões, pois a escolha dos atos é livre e pessoal. Podemos
orientá-los como já o estamos fazendo há muito tempo, mas a escolha é
de cada um.
Assim como fico feliz em ver tantos irmãos sendo tocados no seu
despertar, abrindo seus corações e suas mentes para mudanças, também
fico triste em ver tantos destruindo-se a si mesmos, ao próximo e o planeta.
Estão destruindo a sua casa, o seu habitat, o futuro dos seus.
Nossas realidades se mesclam e temos o dever de acompanhá-los
emanando energias de amor para que apazigüem seu prazer de destruição.
O poder bloqueia os sentimentos puros que vocês têm guardados lá no
fundo de seu ser. Tentem deixa-los fluir, liberte-os para que sejam
libertados da escravidão da maldade.
Seus atos são o espelho de seus sentimentos. Quando estamos enfermos,
temos que procurar auxílio e medicação. Temos que buscar a nossa cura.
Temos que procurar a solução de nossos problemas e não transferi-los ao
próximo, ou à natureza.
A gravidade da irresponsabilidade é grande. Cada pensamento ou ato
negativo gerado por nós, rebate sobre nós mesmos. Antes, porém,
contaminam uma grande área em nossa volta, despertando sentimentos
de rancor e ódio, desencadeando por sua vez, atitudes revoltantes de
destruição.
Não é para isso que estamos aqui.
Não dói esta nossa proposta de vida inicial. Se por alguma razão fomos
levados ao desvio de nossa meta, agora temos a oportunidade de retomá-la.
Este é o momento da conscientização. É o momento de revermos tudo
o que temos feito que não estejam de acordo com as Leis Divinas. Sempre
há tempo para reparos. Não percamos a oportunidade. Ela está em nossas
mãos, nas nossas mentes, nos nossos atos. Sejamos dignos dela.
Que a luz do amor incondicional desça sobre cada um, iluminando-os
agora e sempre.
Sejam centelhas do amor divino e verão o brilho intenso deste planeta
se refletir no universo.

Eu sou Joyce, parcela do amor Divino.”

Tenham uma abençoada semana.
Fiquem na Luz!